terça-feira, 29 de setembro de 2009

We should

We should all hug ourselfs and spread something good between us! I´m tired of the coldness, of my own coldness sometimes! In 2012 the world shouldn´t end we should reborn. I´m just tired of peole not hugging each other. The humanity is not an island.
I want to dedicate this to each and every human being, the good ones the bad ones the motherfucking ones the angel ones the living the dead, even if they aren´t among us.
So hush little baby, dont you cry
One of these mornings
Youre goin to rise up singing
Then youll spread your wings
And youll take the sky
But till that morning
Theres a nothin can harm you
With daddy and mammy standin by

Why?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!



Why is everything so difficult in life sometimes?

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

"O verdadeiro louco, de quem os deuses troçam ou que desfiguram é aquele que não se conhece a si próprio" Oscar Wilde in De Profundis.

Nada é estanque no mundo que nos rodeia. Todos os dias a evolução pressiona o botão enter para dar caminho ao futuro. O ser humano , "sofre", todos os dias entre as milhares de escolhas e oportunidades que se apresentam. A gestão do tempo diminui, os focus de concentração expandem-se, o focu pessoal "sofre" de constantes mudanças , as escolhas tornam-se intermináveis. O focu instala-se quando o indivíduo tem conhecimento de si e das suas vontades, tendo assim capacidade de criar a sua base onde depois poderá dar seguimento às suas ramificações. Com essa base o indivíduo alcança a capacidade de escolha perante as ofertas que se apresentam, gerindo-as em consonância com os estímulos das suas vontades.
Perante o alcanse do seu conhecimento, o indivíduo ganha a capacidade consciente de somar ou subtrair ao seu desenvolvimento pessoal novos estímulos e capacidades que façam evoluir os seus interesses.
O ser humano deixa de ser estanque quando descobre a sua motivação, o dito "seu lugar no mundo" . Esta motivação faz com que sinta uma urgente necessidade de procura, que satisfaça e complemente as necessidades e "lacunas" da sua motivação ainda em fase embrionária. O caminho para a descoberta da sua motivação surge da ligação entre duas pontes: imaginação e criatividade. Unidas estas duas pontes, e encontrado o caminho individual de consolidação de ambas em cada indivíduo, bem como a forma de as expôr, este sente-se renovado e preparado para pôr em prática a sua tarefa. No mundo das ideias a imaginação e a criatividade surgem como uma plataforma entre o pensar e o agir, o pôr em prática. É só neste momento, onde o indivíduo vê o seu trabalho realizado, que este vai sentir todo o seu ser focado e empenhado para seguir com aquilo que antes foi a sua motivação embrionária. Sente-se então realizado e confiante das suas escolhas e motivações.
A partir daqui, e instalado este processo, que oscila de pessoa para pessoa, o indivíduo sente as suas raizes de personalidade bem como as suas skills cada vez mais consolidadas e agarradas à terra. Não sendo estanque, este descobre entre este processo, novas motivações ainda embrionárias, mas que lhe despertaram curiosidade para serem desenvolvidas. E aqui começa o caminho para saber com o que perder tempo e não perder tempo, o que rejeitar e o que se pode adaptar "às minhas" motivações. Estas escolhas dão ao indivíduo uma das capacidades que necessita ter para continuar a sentir-se focado, a coerência. A coerência instala-se quando o indivíduo sente que está a agir consoante aquilo que sente ser a sua essência, o que prolonga e motiva para sentir que está a caminhar pelo caminho certo.
Tiago Bôto

Parado ou em Movimento?


segunda-feira, 21 de setembro de 2009

sábado, 5 de setembro de 2009

Roll over Beethoven



Im gonna write a little letter,
Gonna mail it to my local dj.
Its a rockin rhythm record
I want my jockey to play.
Roll over beethoven, I gotta hear it again today.

You know, my temperatures risin
And the jukebox blows a fuse.
My hearts beatin rhythm
And my soul keeps on singin the blues.
Roll over beethoven and tell tschaikowsky the news.

I got the rockin pneumonia,
I need a shot of rhythm and blues.
I think Im rollin arthiritis
Sittin down by the rhythm review.
Roll over beethoven rockin in two by two.

Well, if you feel you like it
Go get your lover, then reel and rock it.
Roll it over and move on up just
A trifle further and reel and rock it,
Roll it over,
Roll over beethoven rockin in two by two.

Well, early in the mornin Im a-givin you a warnin
Dont you step on my blue suede shoes.
Hey diddle diddle, I am playin my fiddle,
Aint got nothin to lose.
Roll over beethoven and tell tschaikowsky the news.

You know she wiggles like a glow worm,
Dance like a spinnin top.
She got a crazy partner,
Oughta see em reel and rock.
Long as she got a dime the music will never stop.

Roll over beethoven,
Roll over beethoven,
Roll over beethoven,
Roll over beethoven,
Roll over beethoven and dig these rhythm and blues.

I´m speaking of those who won´t accept a useless life!

"You and the theatres of Paris", he said to me. "No matter what we´re talking about you bring back to the theatres and the actors-´
His brown eyes were very big and trusting. And even drunk as he was, he looked spruced in his red velvet Paris frock coat.
"Actors and actresses make magic", I said. "They make things happen on the stage; they invent; they creat".
"Wait until you see the sweat streaming down their painted faces in the glare of the footlights", he answered.
"Ah there you go again", I said. "And you, the one who gave up everuthing to play the violin"... (...) "You make life when you play", I said. "You create something from nothing. You make something good happen. And this is blessed to me".
"I make music and it makes me happy", he said. "What is blessed or good about that?"
I waved it way as i always did his cynicism now.
"I´ve lived all these years among those who create nothing and changed nothing," i said. "Actors and musicians - they´re saints to me".
"Saints?" He asked. "Blessedeness? Goodness? Lestat, tour language baffles me".
I simled and shook my head.
"You don´t understand. I´m speaking of the character of human beings, not what they believe in. I´m speaking of those who won´t accept a useless life, just because they were born to it. I mean those who would be something better. They work, they sacrifice, they do things"...

The vampire Lestat By Annie Rice

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Her Morning Elegance

começo...
sai da cama. lava os dentes. toma banho à pressa. lê o jornal com o copo de café de numa mão e o pires da torrada no outro. ou nem sequer jornal. ou nem sequer torrada no pires. as meias de vidro. os sapatos apertados.batom. a camisa branca torta. a camisa branca endireitada. o cabelo preso por um cordel. pega na mala ainda desarrumada do dia anterior. chaves do carro. desce as escadas. abre a porta do prédio.começa o dia e ela sempre na sua harmonia... matinal. sai para a rua. procura. inventa. ri.muda. cora. engana-se. procura. surpreende-se. escolhe. viaja. conhece. procura. descobre. aqui vos apresento... her morning elegance


Her Morning Elegance

Dêm uma vista de olhos:)

Bem vinda Miss Muffy:)