quarta-feira, 13 de maio de 2009

LARSEN & LITTLE ANNIE


13 Mai 2009 - das 22:00 às 24:00 - AUDITÓRIO
La Fever Lit é o oitavo álbum dos Larsen, banda italiana natural de Turim, que ao longo de treze anos de existência já partilhou palcos com os Neurosis ou com os Einsturzende Neubauten, e já contou com colaborações de artistas como Michael Gira, Matmos, Martin Bisi, Lustmord, David Tibet, Deathprod, Baby Dee, Julia Kent, Johann Johannsson, o icon de ficção científica Catherine Schell e os Xiu Xiu (no projecto XXL). La Fever Lit é o primeiro album de estúdio desde Seies de 2006, seguindo-se ao CD/DVD de Larsen & Friends Abeceda. Em La Fever Lit encontramos os Larsen na companhia da diva do dub e do cabaret pós-punk Little Annie (também conhecida como Annie Anxiety Bandez), cujo percurso musical se estende dos Crass e da On-U Sound aos Nurse With Wound, Coil ou Current 93. Little Annie esteve no Auditório de Serralves em 2007 num concerto memorável integrado no programa “Anos 80: Lastro e Rasto”. Um auditório praticamente esgotado e magnetizado pela presença e voz únicas de Little Annie teve então a oportunidade de ouvir temas de vários momentos da sua carreira e do seu álbum mais recente “Songs From the Coal Mine Canary”, que contou com as participações de Antony, Joe Budenholzer e Paul Wallfisch, entre outros, e de onde a Levis retirara o tema “Strange Love” para a campanha publictária iniciada naquele ano. Uma grande parte de La Fever Lit foi composto por altura de um concerto realizado no Mole Antonelliana de Turim (icon arquitectónico daquela cidade e actuais instalações do Museu Nacional do Cinema) e interpretado nas escadarias elicoidais no interior da enorme cúpula deste mesmo edifício, de onde a banda fazia baloiçar luzes por cima da audiência. Pop cinematográfico, rítmos luminosos, suspensão, leveza e a narrativa negra de Annie Anxietey, são alguns dos ingredientes da nova sonoridade dos Larsen, aqui mais definidos pela colaboração com Little Annie, em mais um evento incluído nas celebrações dos 20 anos da Fundação de Serralves e dos 10 anos do Museu de Arte Contemporânea

Nenhum comentário: