sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Ciné Mérida

Buda explotó por vergüenza


Alguns dias atrás encontramos um cinema que passa filmes independentes em Mérida apenas por 50 centimos com cartão de estudante. A programação não é alargada, mas ontem fomos surpreendidos por este conto, esta história de uma menina que luta com todas as suas forças de uma ingenuidade, que já muito poucos de nós conhecemos, para comprar um caderno e poder ir à escola aprender histórias bonitas. Não gosta de brincar às guerras, e muito menos do jogo do apredejamento, ela só quer conseguir seguir o caminho do sol e chegar à escola, no fim descobre que só morrendo na brincadeira da guerra terá salvação. É um filme inquietante desde o inicio até ao fim, é um filme importante, porque apesar de ser uma realidade muito longe da nossa, onde se torna dificil para nós "julgar" o que é bom ou mau numa cultura já tão enraizada, torna-se para nós importante como choque de culturas, como alerta para o que existe no mundo, e se calhar não tão longe como pensamos...

Nenhum comentário: